A arte da solidão

Cultive o contato com o instinto. Respeite os tempos internos. Alimente-se com a sua força interior. Encontre a sua liberdade..."o que nos ameaça a vida e a saúde não são, como regra, os perigos que vêm de fora, e sim aqueles que trazemos dentro de nós".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O amigo Zé Feliz de São Tomé