Ser

 “Quem somos nós?
O que mais nos motiva na vida?
Em que investimos mais a nossa energia e atenção?
Enquanto tateamos, meio que cegamente, nesse labirinto existencial, somos obcecados por duas idéias:
- querer ter o que pensamos não ter;
- sermos o que quer que seja que pensamos não sermos ainda”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O amigo Zé Feliz de São Tomé