Vida cigana


Desde criança gosto de novidade. Conhecer coisas, pessoas, lugares novos. Aprender com as diferenças. Hoje, reconheço que o que gosto mesmo é das coisas simples e belas. Faz parte da minha essência. Um cheiro bom, um som em harmonia, a natureza num momento que brinda meus olhos. Talvez seja privilegiada, por estar atenta a esses momentos mágicos que a vida doa. Afinal, entrar no meu carro, toda semana, e percorrer essas estradas de inverno, verão, outono, sol, chuva, dia, noite, nuvens, árvores, flores, lua, estrelas...e tudo de lindo que existe neste Planeta é uma satisfação. Dias atrás, tive uma grata surpresa. Tenho uma orquídea, companheira há anos, que já se mudou para tantas casas comigo. Há algum tempo ela não floria...talvez porque há momentos em que esses seres encantados da natureza expressam melhor as emoções da vida. E foi, para anunciar mais uma graça na minha vida que ela floriu...foi como ganhar um beijo de poesia!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O amigo Zé Feliz de São Tomé